terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

PROPOSTAS DE ATIVIDADES PARA A MUSICALIZAÇÃO DE BEBÊS II

Olá pessoal!!! Como sempre, estou passando bem 'rapidão', pois tenho várias aulas para preparar... 
Entrei em uma nova escola e ainda estou me adaptando, hoje foi o 1º dia. Adorei, as crianças foram bem receptivas!!... Começo é sempre aquela loucura, mas a gente vai se acostumando...

E hoje, eu gostaria de compartilhar com vocês o restante do material sobre bebês, da www.ennyparejo.com.br  , pois , agora estou dando aula desde o Mini-Maternal até o 1º ano e senti um pouco de dificuldade com bebês. Não que são difíceis, mas por serem muito novinhos, a gente as vezes não sabe muito bem o que fazer, ainda mais eu que não sou mamãe!! rs E também,  como recebi muitos e-mails com pessoas com esta dificuldade, resolvi me afundar um pouco mais neste tema! Espero que gostem!!!
  

MUSICALIZAÇÃO DE BEBÊS II


II  ESTIMULAÇÃO MULTISSENSORIAL

Objetivos das atividades
·         Contribuir para o desenvolvimento do bebê.
·         Estimular os sentidos: ver, ouvir, cheirar, tocar, ser tocado.
·         Estimular ações: falar, cantar, andar, manipular.
·         Propiciar a interação na relação a dois e no grupo.


Atividade 1  ESTIMULAÇÃO PELA VIBRAÇÃO SONORA

Descrição da atividade:
1.       Coloque o bebê em contato direto com instrumentos e fontes sonoras que ressoam, para que ele possa sentir no corpo a vibração do som. Instrumentos interessantes para essa finalidade podem ser: Violão, Gongo, Prato, Sininhos, Pau de Chuva, Tambor de mar (Oceam drum), entre outros.
2.       Aproxime o instrumento do bebê, afaste, faça com que encoste em partes do corpinho.

Atividade 2  CANÇÕES PARA TOCAR (toque corporal)

Trata-se de pequenas canções que além de estimular a neurofisiologia do bebê, favorecem o vínculo afetivo entre ele e a mãe ou acompanhante. Podem ser cantadas neste momento inicial, mas também ao final da aula, como forma de relaxamento.

1.       Cante a canção para cada uma das mães para que possam vivenciar seu efeito antes de realizar com o bebê.
2.       Cante também para cada bebê, o vínculo afetivo deve estabelecer-se também entre você e os pequenos.

Atividade 3  CANÇÕES PARA INTERAGIR COM O CORPO DO BEBÊ

1.       Incentive mamães a tornarem-se ativas no processo da aula. Nesse tipo de canções, a mamãe estimula alguma ação por parte do bebê (andar, bater palma, dar tchau, beijinho etc) ou simplesmente sensibiliza movimentos de partes de seu corpo, articulações, através da escuta ou entoação de uma canção. Abaixo seguem alguns exemplos:

a)      Canção “Dandá pá ganhá vintém” (recolhida por Lídia Hortélio) – enquanto canta, a mamãe auxilia o bebê a dar passinhos.
b)      “Serra, serra, serrador” – explora-se o movimento de embalar em diversas posições.
c)       Parlenda “Arre burrinho – a mamãe percorre pela sala um trajeto com o bebê no colo, ou o próprio bebê caminha ao som da parlenda, levando um cavalinho.
d)      Canção “Pirulito que bate bate” - mãe e bebê sentados frente a frente. Enquanto canta, a mamãe percute o pulso da música nas mãozinhas do bebê e depois o estimula a fazer o mesmo.
e)      Canção “A canoa virou” – com o bebê no colo, segurando as mãozinhas, a mamãe canta e o embala como se estivessem em uma canoa.
f)      Canção “Estica e dobra” – o ritmo da canção permite que se articule as partes do corpo do bebê ajudando-o a desenvolver a consciência corporal.

Atividade 4   ESTIMULAÇÃO RÍTMICA TÁTIL

Descrição das atividades:

1.       Ensine para mamães ou acompanhantes uma parlenda. Sugestões de parlendas: “Arre Burrinho” (folclore português); “Hoje é domingo”, “A galinha do vizinho” (folclore brasileiro).

Amanhã é domingo, pé de cachimbo, O cachimbo é de ouro, bate no touro, O touro é valente, bate na gente, A gente é fraco, cai  no buraco, O buraco é fundo acabou-se o mundo...

2.       Faça com que percebam com clareza a diferença entre Pulso e Ritmo, percutindo pulso nos joelhos e batendo o ritmo (silábico) com palmas, por exemplo.

3.       Das palmas o ritmo passa para um pequeno instrumento de percussão (chocalhinho, martelinho sonoro, caxixi, por exemplo).
As mamães pronunciam a parlenda e percutem diferentes partes do corpo do bebê no seu ritmo, por isso é muito importante que tenham a percepção clara do ritmo da parlenda.

4.       Algumas parlendas sugerem gestos, movimentos, sons e locomoções que podem ser realizados pelos bebês, ampliando o potencial expressivo da atividade.

Atividade 5  CANÇÕES PARA PRODUZIR SONS VOCAIS, MOVIMENTOS E TOCAR
                        INSTRUMENTOS

Descrição das atividades:
1.       Incentive o bebê a cantar e a produzir os sons e movimentos dos personagens e eventos citados nas canções. Seguem alguns exemplos:
a)      Canção “Lá no circo” (autoria infantil sob a coordenação de Montserrat Sanuy) – incentive o bebê a produzir os sons dos bichos e a acompanhar a canção com palmas ou instrumentos, durante o canto.
b)      Canção “A casa” (Grupo Curupaco) – incentive os bebês a tocar o pulso e a subdivisão da canção com pequenos instrumentos de percussão; bebês maiores conseguem dobrar e articular sozinhos  partes do corpo no ritmo da canção.
c)       Canção “Todos os patinhos” – estimule a pesquisa do som do patinho e o movimento de pinça com os dedinhos, imitando o bico do pato.
d)      Canção “Chuva caindo” – incentive o bebê a tocar o pau de chuva e a produzir sons de gotinhas percutindo com o dedo indicador, ou com dois dedos a palma da mão.

 
Atividade 6  CANÇÕES PARA PARTILHAR BRINQUEDOS E INSTRUMENTOS

A função dessas canções é trabalhar com o bebê a sociabilização e o desapego aos materiais pedagógicos na sala de aula, fazendo com que aprenda a partilhá-los com os coleguinhas.

Descrição das atividades:

1.       Coloque um único instrumento, fonte sonora ou bichinho na roda. Cante a canção.
2.       A cada vez que se canta a canção o objeto é passado ao coleguinha seguinte da roda. Seguem alguns exemplos:
a)      Canção “Sapo cururu” – o sapinho (reco-reco) é passado na roda, enquanto dura a canção o bebê pode explorar seu som.
b)      Canção “Pintinho amarelinho” (livro de Josette Feres) – um pintinhio amarelinho passa pela roda enquanto se repete a canção.

 
Atividade 7  OBJETOS PARA OBSERVAR, MANIPULAR E ESTIMULAR A IMAGINAÇÃO

1.       Promova a estimulação multissensorial do bebê apresentando objetos interessantes que ele pode ver, manipular, eventualmente sentir odores e naturalmente cantar. Na sequência, alguns exemplos:

a)      Elefantinho que desce a rampa (brinquedo educativo) – os bebês podem colocar o elefantinho na rampa, ouvir o som que produzem ao descer, cantar canções de elefantinho.
b)      Galinhazinhas siscando (brinquedio da cultura popular) – os bebês podem manipular o brinquedo, ouvir seu som, cantar canções ou dizer a parlenda “A galinha do vizinho”.
c)       Pião (brinquedo feito de tampinha de garrafa pet) – coloque o pião para rodar, cante e dance com os bebês a canção “O pião entrou na roda”.
d)      Roda gigante (brinquedo de madeira) – personagens e bichinhos podem se sentar na roda gigante, o bebê aprende a fazê-la girar, coloca os personagens nos banquinhos e canta sua canção. 



 Bom pessoal, espero que gostem! Eu adorei as dicas e vou segui-las , com certeza!! Ainda tem mais partes deste material, mas  vou postando aos poucos,ok? 
Beijos a todos e muuuuuuuuuuito, mas muuuuuuto obrigada pelos recados, pelos comentários, e-mails e por seguirem o blog! Obrigadão!!! 
:)

10 comentários:

  1. Alícia, como vai?

    Olha, obrigada pelos comentários no blog, eu fico muito feliz que os posts agradam e mais feliz ainda quando o psesoal diz que aplicou e funcionou!

    Parabéns pelo novo cargo de professora na escola! Trabalhar com bebês parece simples mas não é! Quando eu comecei, também caí de paraquedas! Uma dica boa que posso te dar: tente conversar muito com as professoras de berçário sobre a rotina, o jeito da criança... peça para que elas te ajudem na aula, pois quando estamos sozinhas pra dar aulas pros pequeninos, tudo vira uma bagunça e acaba não saindo legal, você se frustra... chato isso... com as professoras junto (de boa vontade, de preferência) o esquema é outro, pode confiar...

    Outra coisa... pesquise o trabalho da Josette Feres com musicalização para bebês, o trabalho dela é 10, bem parecido com o da Enny mas para nós, professoras, é bem mais didático... eu acho que a Josette simplifica e estrutura melhor as partes da aula pra bebês. Lá no blog tem um post sobre isso, no marcador Musicalização 1 a 3 anos.

    Programei um texto no Atelier Musical sobre isso tb... o texto é da Leila Sugahara, vai ser publicado na quarta, dá uma lida que é bom! Vai te dar uma linha-guia pra trabalhar sem medo com os bebês!

    Precisando, estou à disposição!

    Um grande beijo e volte sempre no Atelier!

    ResponderExcluir
  2. Olá Alícia, não esqueçi do seu material não...logo, logo entrarei em contato.
    Mas bem...trabalhar com bebês não é msm uma coisa mto fácil não. Eu por exemplo, me vi quase q impacível diante deles...a maioria chorando (e por q não dizer, berrando...rsrsr). Segui suas orientações, e qd encostava alguma coisa neles, aí é q eles choravam msm. Mas msm assim, terminei a minha aula, me sentindo a pior das professoras. Conversei com a dona da escola, q por sinal, foi ótima e me acalmou. Na aula seguinte, pra minha surpresa, os bebês estavam mais calmos, até uns maiores vieram me abraçar e tinha uma bebê q queria ficar no meu colo o tempo todo...para meu espanto...rsrsr
    Pelo q vejo em mtos relatos de professores, as primeiras aulas são realmente mto difícieis, mas acredito q o segredo esteja em planejar uma boa aula, com bastante atividades interessantes, usar tbm a nossa criatividade e intuição, e ter bastante segurança e calma q tudo vai dar certo.
    Ainda estou um pouco insegura, é verdade, mas sei q aos poucos, a gente consegue superar isso.
    Aproveito para parabenizá-la pelo blog, q é ricíssimo e tem ajudado mtos professores assim com eu.
    Bjos !
    Cáritas Frazitto

    ResponderExcluir
  3. Olá gente!!!

    Isabela, já sou fã de carteirinha do seu blog! Amo as atividades que você posta! E realmente, bebês não são fáceis!! Li tudo o que postou sobre esta fase, e me ajudou bastante!Vou pesquisar sobre o autor que me indicou,pois ainda estou muito confusa no planejamento das aulas destas criaturinhas! rsrs

    Cáritas, muuuuuito obrigada pelo comentário!! Nossa, ainda bem que os meus não choraram! rsrs
    Mas como é difícil né?! A verdade é que sempre estamos aprendendo com eles, ao invés deles com a gente! rsrs
    Bom, vou pesquisar bastante e tudo o que eu encontrar, quero compartilhar com todos!!
    Ah, e quanto ao material, não se preocupe!! =D

    Beijos às duas!

    ResponderExcluir
  4. Cássia Soares21/02/2011 10:50:00

    Alicia, estou desesperada pois sou educadora musical a 5 anos em uma rede municipal e agora fui convidada para trabalhar com berçario e maternal em uma escola particular, e nao possuo experiencia, encontrei seu blog e peço ajuda por onde começo?? o que fazer?? me ajude mesmo... adorei seu blog e preciso muito dos seus materiais..desde já Obrigada !!
    Cássia Soares; cassiatq@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Ow Alícia, deixa eu te falar outra coisa, nem sei se o lugar certo é aki...rsrsr
    Mas enfim...em uma das escolas q trabalho, tem uma salinha própria pra aula de música. O q eu percebi (pode ser q não seja isso), é q os bebês, ficam um pouco estressados na minha aula, apesar de já estarem lá a umas 3 semanas. Será q não seria melhor somente para os bebês eu ir na salinha deles ao invés deles irem na minha?
    Fica aki a minha dúvida, pois tenho notado isso !!!!
    Bjokas!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Alícia!

    Sou aluna do curso de Educação Musical da UFSCar na modalidade EaD e estou adorando acompanhar seu blog, suas sugestões de atividades e também os comentários das amigas blogueiras.
    Como não tenho experiências em sala de aula, cada um dos comentários e postagens são importantíssimos para minha formação acadêmica.
    Gostaria de agradecê-la pelo carinho e dedicação em compartilhar suas experiências conosco, multiplicando conhecimentos e colaborando para o fortalecimento da educação musical.
    Aproveito para convidá-la a conhecer meu blog, que ainda está em fase de construção, mas recebendo os amigos "de portas abertas"!

    Abraços,

    Dani http://musicalizandocomharmonia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Alicia, Parabéns! Maravilhoso seu blog! Embora não seja especialista em música, sou uma admiradora do trabalho. Atuo na área de Atendimento Educacional Especializado e adorei suas atividades. Peço licença para usá-las, com os devidos créditos e divulgar o seu trabalho.
    Conheça o meu trabalho também: www.elaineaee.blogspot.com
    Abraços! Elaine.

    ResponderExcluir
  8. Olá a todas, primeiro tenho de enviar os parabéns pelo blog à Alicia, por partilhar tantos e tão bons materiais conosco. Eu também estou a trabalhar com musica para bébés e sei o quão dificil é arranjar materiais e ideias de atividades... :) por isso mesmo queria pedir à alguma de vocês se me enviavam o material sonoro do livro da Josette Feres, que aqui em portugal não se consegue arranjar nada disso e mandar vir daí é caríssimo... se me puderem ajudar fica muito agradecida mesmo! fico a aguardar respostas vossas! muito obrigada!
    Priscilla
    meu mail é sementesdemusica@gmail.com

    ResponderExcluir
  9. Meu nome é Alexandre do Recife, sou músico,ingressando no ensino a pouco tempo incentivado por minha esposa que é professora.Encontrei no seu blog um tesouro que tem me ajudado bastante.Muito obrigado e que Deus abençôe você e sua família.PARABÉNS !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alexandre! Seja bem-vindo! E que bom que gostou do blog!! Muito obrigada e desejo o mesmo pra você! :) Obrigada!!

      Excluir

Muito obrigada pelo comentário e volte sempre.
Beijos! :)